Sunday, July 09, 2006

Anger

Me sinto com ódio, assim como grandes cineastas retrataram o ódio no cinema, assim como foi o Meu Ódio Será Sua Herança, 1969, de Sam Peckimpah, ou ainda o Ódio, 1995, de Mathieu Kassowitz....enfim, sinto raiva, ódio, e sinto meu coração apertado, rápido, não sei se foi algo q comi, ou se foi algo psicológico q me alterou nesse momento, mas espero q essa história tenha um bom final!
...se depender de mim terá....

4 Comments:

Blogger Encontros e Desencontros said...

pode ser um sentimento

nascendo

ou

renascendo.

eu invado e me esparramo.

10 July, 2006 22:39  
Blogger A única mulher said...

que ódio seu.
gosto tanto que da vontade de gritar quando você passa.
Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh

estou em portugal.
única viagem
da única mulher

23 July, 2006 12:46  
Anonymous rafa said...

lembrei de você...
na verdade você que não me deixa esquecer...
Me liga sempre nas horas que eu não espero que ninguém me ligue, muito menos você.
Me preocupo. as vezes até fico com raiva disso, porque sei que seu ego exige conseguir fazer tudo sozinho.

O ódio, meu bem passa logo. isso se for daqueles que passam logo. Se não, é porque tinha algum caco de vidro no tapete que você não tirou por algum motivo.
Comprei um livro do Bukowski ontem num impulso.
E agora lembro de você.
Se cuida, ok?

28 July, 2006 11:03  
Anonymous rafa said...

lembrei de você...
na verdade você que não me deixa esquecer...
Me liga sempre nas horas que eu não espero que ninguém me ligue, muito menos você.
Me preocupo. as vezes até fico com raiva disso, porque sei que seu ego exige conseguir fazer tudo sozinho.

O ódio, meu bem passa logo. isso se for daqueles que passam logo. Se não, é porque tinha algum caco de vidro no tapete que você não tirou por algum motivo.
Comprei um livro do Bukowski ontem num impulso.
E agora lembro de você.
Se cuida, ok?

28 July, 2006 11:03  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home