Saturday, May 13, 2006

Pra Onde Vamos?

Estou boquiaberto com todos os números que só aumentam no jornal diariamente!
Esses números são simplesmente a quantidade de policiais(tanto civis, quanto militares) e bombeiros(os únicos "homens da lei" que não se envolvem em máfias ou escândalos) mortos.
Para onde iremos? Essa pergunta todo mundo já fez um dia. Essa pergunta fica presente na cabeça de todo mundo quando os assuntos são o futuro, religião e etc. Mas agora a coisa é séria, onde isso vai parar?
É impressionante que em ano de eleição, as bombas explodem!
Mas parece que com o fim da censura, hj assistimos críticas diárias na tv, no cinema, nos rádios, mas apenas escutamos ou vemos, pq não mudamos em nada, simplesmente nada.
De quatro em quatro anos somos uma nação e normalmente é em julho (estamos mais preocupados se a seleção de futebol vai ser campeã denovo ou não), chega dessa maracutaia. Olhamos pro nosso vizinho mais próximo, a Argentina (que por sinal é um país que sonho conhecer, alias só conheço um país e cada dia me decepciono mais com ele, ou melhor com o nosso!). O governo argentino queria usar o dinheiro deles (povo), (como o Collor fez com o nosso e todos nós ficamos quietos e só quando a coisa ficou explícita demais derrubamos os caras), eles foram lá e quebraram tudo, simplesmente quebraram todos os bancos e disseram:
"- Com o nosso dinheiro não, cara pálida!"
É simples, eles não toleram, e pq será que eles não toleram? Simplesmente pq é um estado que investe na educação. Não estou defendendo eles, dizendo que lá não existe corrupção, não é isso!
Onde tem ser humano, tem máfia!
O povo argentino lê, o povo argentino é uma nação, eles não estão preocupados com a copa do mundo como nós estamos, eles gostam, mas não destroem o mundo caso a seleção deles não vai bem, vide a última copa (e cá entre nós, o dia que um professor universitário ganha o que um jogador ganha, o mundo se tornará educado!). Os são-paulinos ganham o campeonato vão lá e quebram a Avenida Paulista; o Corinthians perde, os torcedores destroem o Pacaembú; a seleção de futebol perde, todos choram; já a seleção de volei perde, ah acontece!
Porra (com todas as letras), onde vamos parar? Estão matando os policiais, os bombeiros (eu mesmo, quando era pequenino, quis ser um! Imagina se hj quero?!). A Petrobrás(ÚNICA empresa brasileira ainda existente no nosso país, jamais poderei nos chamar de nação) que se foda, todo o lucro que temos com a mesma, vamos ter que usar para cobrir a alta do gás na Bolívia!
Estou literalmente me sentindo um otário, em todas as formas estou me sentindo um otário, no fundo todos somos otários e continuaremos sendo!
Nelson Pereira tentou nos avisar com seu Brasília 18%, acabamos caindo na risada em vez de olharmos e dizer:
"- Caralho a coisa tá preta!"
Tudo bem que o Nélson Pereira acabou usando um discurso com tom de sátira, mas mesmo assim as sátiras devem ser ouvidas, e as coisas que mais damos risadas no fundo são muito sérias. V de Vingança, dos irmãos do Matrix, e o caro senhor Brest que me perdoe, é uma obra prima. O filme vale simplesmente por uma frase:
"- Os artistas usam a mentira para dizer a verdade, já os políticos usam a verdade para dizer a mentira!"
Nunca em um texto o termo que irei usar, caros leitores, foi tão significativo. Pq se a coisa continuar assim, precisaremos de sorte!
"-Boa noite e boa sorte!"

Obs1:Obrigado por me ouvirem, sem vcs acho q não saberia para onde ir!
Obs2:Tomara que a seleção de futebol perca a copa (eu vou torce por eles sim, mas não com tanto entusiasmo, pq a única selelção que mereceria ganha a copa era a de 82. Jogava bonito, os jogadores, boa parte deles como Sócrates e Zico, eram conscientizados, e no banco estava o Telê Santana, que morreu sempre defendendo o futebol como esporte!), tá na hora de pararmos de usar o futebol como uma arma política e olharmos com olhos de águia para a política em si.
Obs3:Se matarem toda a polícia (seja ela corrupta ou não) a quem iremos recorrer?!
Obs4:Caros leitores, desculpem o sumiço, estava muito ocupado com a faculdade!
Obs5:O filme que fizemos, O Ébrio Vaga-lume (cujo roteiro do Paulo Dan, uma máquina de roterizar lembrando o genial Woody Allen, era excepcional), ganhou o primeiro festival de curtas da faculdade, nesse ponto estou contente!
Obs6:Estou literalmente puto com o resto!

5 Comments:

Anonymous Rafaela said...

ai não, né?
forçou, explodiu...

15 May, 2006 08:31  
Anonymous Tobey said...

Sobreviver é o que nos resta.

15 May, 2006 18:41  
Blogger A única mulher said...

puto com todo o resto?

escrevi pra ti.

beijo na ponta do nariz.

16 May, 2006 18:22  
Blogger A única mulher said...

a única mulher é como se fosse um alter-ego meu...assim com bandini é de fante.
Increíble...
Bukowski o idolatrava.sabes muitos bem disso. Um amante de Charles.

você é único meu único.
do único beijo ao único suspiro melancolico pela noite incoompreendida.
pelas noites em claro, tu é único.sonha.acorda.bebe um leite.
dorme novamente.e sonhando.com meus beijos de boa noite dorme. dorme até sonhar.como é a única.???
Oh céus.
eu sei como é o único. incrível.
um amante.
tu eres um bandini? seus escritos? somos todos Arturo bandini, não somos filhos da puta!
eu, amante da imagem,amante do som,amante das palavras...amo aquilo que é único.
deito em ti.aconchegando-o entre meus braços.
ou seria o contrário? a fragilidade da única mulher não passa de uma ironia.
gosto de seus beijos.sinto-os e sonho até o dia de sua hora.

um beijo de retribuição do único beijo. e um beijo.
O beijo. da única.
aquele beijo.ali.um pouco abaixo do nariz.ainda pouco.

18 May, 2006 16:10  
Blogger A única mulher said...

a única mulher fica perdida sem seus olhares.suas palavras.
onde anda o único homem que encara.o homem que é único.?

27 May, 2006 13:07  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home