Sunday, June 18, 2006

Já Que O Assunto É Futebol...

O mundo inteiro vira seus olhares para a Copa do Mundo, competição essa que é realizada de quatro em quatro anos, assim como eleições em geral no mundo todo, e pq não tb citar a Eurocopa, a Copa América (à partir da últilma, a competição será sediada de quatro em quatro como a Copa do Mundo).
Assim como todos, eu (eterno tolo), estou simplesmente vendo todos os jogos. O nível de futebol apresentado é bom, às vezes regular, de vez em quando medíocre, e raras vezes horrendo, mas a famosa "caixinha de surpresas" tem se aberto e muito, como por exemplo o empate entre Itália e EUA, ou a vitória suada da seleção brasileira em cima da Croácia, o empate entre França e Coréia do Sul (isso prova como o futebol francês é nada mais nada menos q ok, e a final de 1998 foi literalmente comprada, e pq não dizer q às quartas de final da 1986 tb não foi!), ou ainda o Equador sendo a grande sensação da Copa na frente da anfitriã Alemanha!
Mas devo adimitir o futebol argentino, depois do baile dos "3 vira, 6 acaba", é o melhor do mundo. Primeiro pq os mesmos estavam no chamado "grupo da morte" (pelo visto eles são os primeiros a reencarnarem e irem pra segunda fase tranquilos e com a moral altíssima!), segundo que os três reservas que entraram no time fizeram gols (no jogo contra Sérvia & Montenegro), terceiro q o "Semi-Deus" Diego Armando Maradona estava dentro do vestiário apoiando os jogadores e depois torcendo pelos mesmos como um lunático (ao invés de Pelé, que passou toda a preparação do Brasil metendo o pau em Ronaldo e Cia, não que os mesmos sejam santos, mas não justifica sua contraversão contra os jogadores!) e pra fechar, o quarto motivo foi simplesmente os 6 à 0 contra Sérvia & Montenegro (que diga-se de passagem são teóricamente dois países, isso me faz fazer um cálculo que os argentinos venceram ao mesmo tempo e de goleada, dois países!) com direito à dois minutos consecutivos de troca de passes sem o time adversário (Sérvia & Montenegro) encostar na bola.
Temos de adimitir que eles simplesmente calaram o mundo e tiveram na sua história uma ditadura pior que a nossa, uma quebra financeira monstruosa, e seu patriotismo foi provado ao mundo com a presença de Dom Dieguito. Uso dessas palavras para fazer uma análise sobre o futebol brasileiro no momento!
A presença de Dom Diego, os 6 à 0, o "grupo da morte", tudo isso faz refletimos no que é o Brasil quando olhado de frente para a Argentina. Sempre renovamos jogadores, sempre temos os melhores jogadores em atividade na Europa, sempre somos candidatos ao título, e faço a seguinte pergunta:

-Pq q quando chegamos como favoritos, não ganhamos a bendita taça?

A resposta é muito simples. Somos uma nação que prefere esnobar seus ídolos e os endeusa quando os mesmos morrem ou deixam de ter destaque!
Os famosos exemplos são Telê Santana em 1982 e 1986 (quem não se lembra do famoso apelido de pé-frio), Ayrton Senna (quem não se lembra que quando o mesmo não ganhava mais como antes era tido como decadente!), o goleiro Barbosa (o mesmo tomou dois gols contra o Uruguai em 1950 e após sua morte se tornou herói. Não se esqueçam que quando vivo, Vicent Van Gogh vendeu apenas um quadro!), e agora Ronaldo (na Copa de 2002 ele era tido como acabado, assim como Pelé, Garrincha e Romário, ele trouxe o quinto título pro país!).
O cara não joga bem dois jogos, está sob pressão (do mundo todo e ainda carrega o peso de ter de fazer três gols pra se torna o maior artilheiro de todos os tempos!) e já falam que ele tem de ser sacado!
Poxa, sabemos q ele não está apresentando o futebol do penta, mas temos de dar chances para o mesmo, já basta a anta do Pelé (ou melhor, o Édson), que jogando bola foi um Deus, (Pelé) mas politicamente é um idiota (Édson), ficar falando mau desses moleques, ai baixa o país todo e mete o pau no cara!
Porra isso me tira do sério, o Ronaldo já deu um título, ele não tem obrigação de dar outro título, isso prova como nós brasileiros somos movidos à pão e circo, mas no lugar dos gladiadores temos a nossa seleção e no lugar dos leões estão a bola, ou melhor os leões estão aqui fora tentando trazer o pessimismo que acaba atingindo a seleção em si. Olhem para a França atual e saberão como é bom torcer pelo Brasil.
Mas sei q dói um pouquinho o ego de todo brasileiro, mas cá entre nós, dá gosto ver a Argentina jogar, ou melhor, dançar pelo campo, tendo na arquibancada o maestro Maradona e uma bandeira com o mesmo e o Che juntos!
Deixo vcs com uma frse que é de um cara q fala muita merda, mas é divertido ver os jogos com a narração dele:

-Haja coração amigoooooooooooooooo!!

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home